A Assistência de Enfermagem Obstétrica no Trabalho de Parto

Autores

Palavras-chave:

Assistência de Enfermagem, Saúde da Mulher, Parto humanizado

Resumo

Objetivo: Identificar a atuação da enfermagem obstétrica frente ao parto humanizado. Por se tratar de um tema valioso para o campo de enfermagem. De acordo com o Ministério da Saúde (MS) em 2017, no Brasil as estimativas tem cerca de 3 milhões de nascimentos, o que torna a habilitação do enfermeiro obstetra importante para a proteção da saúde da mulher em período de gestação e no trabalho de parto. Resultado: a busca de material científico de qualidade reforça a fundamentação sobre os recursos e a implantação das políticas pública que asseguram a atenção à mulher e promoção dos serviços em unidades de saúde com redução dos riscos e problemas decorrentes do parto. Conclusão: as prioridades para a assistência humanizada a parturiente e a sua família, fazem parte das atribuições da enfermagem especialização obstétrica, em conjunto com a equipe multidisciplinar, evidenciando a importância desse momento tão especial para a mulher

Referências

Oliveira Campos RL, Lira NCD, Souza LN, Santana MR, Silva AEG, Café LA, et al. O papel do enfermeiro na humanização do parto normal. Rev Eletrôn Acervo Saúde. 2021;13(1):e5202-e5202. https://doi.org/10.25248/reas.e5202.2021

Nascimento ER. Desafios da assistência de enfermagem ao parto humanizado. Cad Grad Ciên Biol Saúde-UNIT-SERGIPE [Internet]. 2020[cited 2021 Feb 12];6(1):141. Available from: https://periodicos.set.edu.br/cadernobiologicas/article/view/8008

Silva Monteiro MDS, Barros MDJG, Soares PFB, Nunes RL. Importância da Assistência de Enfermagem no Parto Humanizado. Rev Bras Interdisc Saúde[Internet]. 2020[cited 2021 Feb 12]. Available from: https://revistarebis.rebis.com.br/index.php/rebis/article/view/139

Melo AC, Jesus JA, Andrade Aoyama E. A Enfermagem reinserindo a parturiente como o papel principal no momento do parto. Rev Bras Interdisc Saúde [Internet]. 2020[cited 2021 Feb 12]. Available from: https://revistarebis.rebis.com.br/index.php/rebis/article/view/93

Souza AGL. Enfermagem no parto humanizado: revisão de literatura. Remec Rev Multidisc Estud Científ Saúde. 2019;4(7): 3-9. https://doi.org/10.24281/rremecs2526-2874.2019.4.7.3-9

Scarton J, Paula SF, Andrade GB, Rangel RF, Ventura J, Siqueira HCH. Maternal Mortality Profile: an integrative literature review. Rev Pesqui Cuid Fundam. 2019;11(3):816-22. https://doi.org/10.9789/2175-5361.2019.v11i3.816-822

Fialho ML. A assistência ao parto humanizado no Brasil e o direito a um acompanhante. Rev Intr@ciência FAGU [Internet]. 2018[cited 2021 Feb 12];15. Available from: https://uniesp.edu.br/sites/_biblioteca/revistas/20180925134139.pdf

Nascimento FC, Silva MP, Viana MGP. Assistência de enfermagem no parto humanizado. Rev Prev Infec Saúde. 2018;4. https://doi.org/10.26694/repis.v4i0.6821

Conselho Federal De Enfermagem (COFEN). Decreto n° 94.406/87 de 08 de junho de 1987. Regulamenta a Lei nº 7.498, de 25 de junho de 1986. Dispõe sobre o exercício da Enfermagem, e dá outras providências[Internet]. Brasília, DF; 1987[cited 2021 Feb 12]. Available from: http://www.cofen.gov.br/decreto-n-9440687_4173.html

Presidência da República (BR). Lei nº 11.108, de 7 de Abril de 2005. Altera a Lei no 8.080, de 19 de setembro de 1990, para garantir às parturientes o direito à presença de acompanhante durante o parto: O trabalho de parto, parto e pós-parto imediato, no âmbito do Sistema Único de Saúde – SUS[Internet]. 2018[cited 2021 Feb 12] Available from: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2005/lei/l11108.htm

Ministério da Saúde (BR). Programa de Humanização no Pré-natal e Nascimento-PHPN. Portaria nº 569, de 1º de junho de 2020 [Internet]. 2020 [cited 2021 Feb 12]. Available from: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2000/_rep.html

Ministério da Saúde (BR). Política Nacional de Humanização da Atenção e Gestão do SUS. Trabalho e redes de saúde[Internet]. Brasília. 2009 [cited 2021 Feb 12]. 44 p.: il. Available from: http://www.redehumanizasus.net/diretrizes_e_dispositivos_da_pnh1.pdf/

Conselho Federal De Enfermagem (COFEN). Resolução COFEN nº 0477/2015 de 14 de abril de 2015. Dispõe sobre a atuação de Enfermeiros na assistência às gestantes, parturientes e puérperas[Internet]. Diário Oficial da União: seção 1, Brasília, DF, 17 abr. 2015 [cited 2021 Feb 12]. Available from: http://www.cofen.gov.br/resolucao-cofen-no-html

Ministério da Saúde (BR) Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos. Departamento de Gestão e Incorporação de Tecnologias em Saúde. Diretrizes Nacionais de assistência ao parto normal[Internet]. Brasília. 2017. [cited 2021 Feb 12]. 51 p. i. http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/diretrizes_nacionais_assistencia_parto_normal.pdf

Organização Mundial Da Saúde (OMS). Declaração da OMS sobre taxas de cesárea [Internet]. 2015[cited 2019 Oct 07]. Available from: https://www.unasus.gov.br/noticia/declaracao-da-oms-sobre-taxas-de-cesareas

Downloads

Publicado

19-08-2022

Como Citar

1.
Monteiro AMS. A Assistência de Enfermagem Obstétrica no Trabalho de Parto. Rev Paul Enferm [Internet]. 19º de agosto de 2022 [citado 13º de julho de 2024];33(1). Disponível em: https://periodicos.abennacional.org.br/repen/article/view/121

Edição

Seção

Artigos originais

Artigos Semelhantes

1 2 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.